25 de abr de 2011

Nokia e Microsoft assinam acordo definitivo para criar nova plataforma.


Empresas desenvolvem sistema baseado no Windows Phone.
Anúncio da aliança foi realizado em 11 de fevereiro deste ano.



Stephen Elop, CEO da Nokia, e Steve Ballmer, da Microsoft, anunciam parceria estratégica na área de smartphones em evento em Londres. (Foto: Alastair Grant/AP)Stephen Elop, CEO da Nokia, e Steve Ballmer, da
Microsoft, anunciam parceria estratégica em evento
em Londres. (Foto: Alastair Grant/AP)
A Nokia e Microsoft anunciaram nesta quinta-feira (21) a assinatura do acordo definitivo para criar um novo sistema operacional baseado no Windows Phone. Segundo um comunicado, as empresas afirmaram que o acordo foi finalizado antes do prazo e que está alinhado ao anúncio feito em 11 de fevereiro.
O acordo estabelece os termos da nova aliança, incluindo as contribuições conjuntas ao desenvolvimento do novo sistema operacional para celulares. As companhias também anunciaram o avanço no desenvolvimento dos primeiros produtos Nokia que rodam o Windows Phone.
“Com centenas de pessoas já envolvidas nos esforços de engenharia, as empresas estão criando um portfólio de novos produtos Nokia. A Nokia também já começou a trazer as aplicações e serviços-chave para operação no Windows Phone”, disse o comunicado. Porém, os primeiros aparelhos da Nokia com o Windows Phone devem chegar apenas em 2012.
Protótipo de celulares da Nokia com Windows Phone 7, ainda sem especificações e sem data de lançamento anunciados pela companhia finlandesa, que anunciou parceria com a Microsoft na última semana (Foto: Divulgação/Nokia)Protótipo de celulares da Nokia com Windows Phone 7, ainda sem especificações e data de lançamento
(Foto: Divulgação/Nokia)
Termos
A Nokia irá fornecer ao Windows Phone o design do hardware, o suporte de idiomas, mapas, navegação GPS e a tecnologia de imagem e som. Além do sistema operacional, a Microsoft contribuirá também com o site de buscas Bing e com diferentes serviços de jogos, redes sociais e publicidade. O acordo prevê ainda a abertura de uma nova loja de aplicativos conjunta que unirá a Nokia Ovi Store e a Windows Marketplace.
Quanto aos termos econômicos, o acordo estabelece o pagamento por parte da Nokia de uma quantia à Microsoft pelo uso de seu sistema operacional quando os primeiros dispositivos dotados do Windows Phone começarem a ser distribuídos. Além disso, a Microsoft pagará à Nokia "bilhões de dólares" por adotar o Windows Phone como sua principal plataforma em seus futuros smartphones.

Nenhum comentário:

Postar um comentário