15 de mai de 2011

As 10 maiores canalhices cometidas por raqueiros.

Mesmo havendo dezenas de pessoas fazendo de tudo para assessorar suas imagens, os astros de rock, ricos e idolatrados, sempre dão um jeito de causar. Confira as 10 maiores canalhices já cometidas por roqueiros.

10. O casamento inventado de Sly Stone
sly-stone
O vocalista da banda Sly & The Family estava preocupado com o pouco interesse do público em um show que seria feito no Madison Square Garden. Então, teve a ideia de aumentar o fluxo da bilheteria realizando sua cerimônia de casamento durante a dita apresentação. Sua noiva chegou a ser cumprimentada por personalidades como Andy Warhol e John-John Kennedy, mas momentos depois do casório público, ele foi visto tentando agarrar uma repórter da revista Newsweek.

09. A delação de fãs pelo Metallica
US-METALLICA-NAPSTER
No ano 2000, o Metallica deu início a um processo contra o Napster, software utilizado para compartilhar músicas MP3 via internet. Eles queriam tanto vencer a batalha judicial que não pensaram duas vezes ao arranjar provas que incriminassem o site: entregaram à Justiça uma lista com o nome de 300.000 fãs que já haviam baixado músicas do grupo.

08. O assédio de Clapton à mulher de Harrison
harrison-pattie-boyd
A modelo Pattie Boyd inspirou três grandes hits da história da música: Something (dos Beatles), Layla e Wonderful Tonight (ambas de Eric Clapton). O motivo? Pattie era casada com o beatle Harrison quando ele iniciou uma parceria com Eric, que por sua vez começou a perseguir a mulher do alheio. Rejeitado, ele chegou a namorar a irmã mais nova da modelo, de 17 anos, para suprir a falta da loira. E aí, quando finalmente conquistou Pattie, Clapton se afundou no álcool e teve diversas amantes. Vai entender…

07. A morte provocada por Keith Moon
keith-moon
Em 1969, depois de mais uma bebedeira, Keith Moon saía de um clube londrino quando começou uma confusão. O baterista do The Who, que não tinha habilitação, entrou em seu Bentley e saiu em disparada. Só depois percebeu que tinha arrastado o corpo de seu chofer Neil Boland por quilômetros.

06. O ‘papa-anjo’ Jerry Lee Lewis
jerry-lee-lewis-myra
Em 1958, um dos principais nomes da primeira geração do rock desembarcou na Inglaterra para uma aguardada turnê. Porém, os shows acabaram ficando em segundo plano depois que a imprensa local descobriu que a garota que o acompanhava, Myra, era sua noiva e tinha (pasmem) apenas 13 anos. E tem mais! A menina era filha do baixista da banda e prima do próprio Jerry. O astro, que já havia se casado duas vezes, teve a turnê cancelada, mas não desistiu do matrimônio, que durou 13 anos.

05. O rei das tietes, David Lee Roth
david-lee-roth
O Van Halen foi uma das bandas de maior sucesso dos anos 80 e atraía inúmeras tietes durante suas turnês. Seu vocalista David Lee Roth era um fanfarrão e decidiu aproveitar ao máximo esse assédio. Primeiro, inventou uma prêmiação aos assistentes de palco para incentivá-los a levar as mulheres mais bonitas da platéia para seu camarim. O prêmio? Eles podiam ficar com ela depois que ele se cansasse das moças. Mas o melhor está por vir: ele falou com seu advogado para verificar a possibilidade de fazer o que chamou de ‘seguro de pênis’. Tratava-se de uma apólice para se prevenir contra casos de gravidez indesejada.

04. O show de grosserias de Jim Morrison
jim-morrison-doors-presoO show mais conturbado da banda The Doors ocorreu em Miami, no ano de 1969. O vocalista Jim Morrison saiu do palco carregado por policiais depois de ficar nu para a plateia e fingir que se masturbava. Os fanáticos pela banda retrataram o episódio como uma triste repressão a um gênio incompreendido. Muitos não se lembram, porém, que antes de ser arrastado, ele estava extremamente bêbado e ficou xingando o público, sem cantar quase nada.

03. O voyeur de banheiros Chuck Berry
56191489
Apesar de seus 84 anos, Chuck Berry, um dos pioneiros do rock, continua fazendo shows pelo mundo todo. Mas quem vê o rostinho simpático desse velhinho nem imagina o que ele passou em 1990. O guitarrista foi acusado de ter instalado câmeras nos banheiros femininos para ver as mulheres nuas por funcionários e clientes de seu restaurante. Berry também tinha escondido Câmeras nos banheiros do parque que levava seu nome.

02. O cara-de-pau Elvis Presley
nixon-elvis
O presidente Richard Nixon era detestado pelos jovens americanos e sempre quis encontrar uma forma de conquistar esse eleitorado. Em 1970, viu essa possibilidade ao receber Elvis Presley na Casa Branca e decidindo transformar o astro em agente honorário da agência federal de combate ao tráfico. Notório viciado em drogas, Elvis foi até a Casa Branca entupido de drogas e ganhou um passe livre para portar qualquer substância. Bem, ele morreu de overdose sete anos depois.

01. A vida cafajeste de Vince Neil
vince-neil-garotas
Neil, do Motley Crue, levou o estilo de vida roqueiro-canalha mais além do que todos nessa lista: a exigência por tietes, por exemplo, era oficial (se não fosse visitado por duas “modelos-atrizes”, não aceitava cantar). Depois de torrar todo o dinheiro que recebeu no auge do sucesso do grupo, lançou uma fita pornô amadora para tentar escapar da falência. Com as contas já equilibradas, decidiu variar os seus investimentos – abriu uma casa de prostituição e inaugurou um torneio de strip-pôquer em Las Vegas. Trocou socos com o colega de banda Tommy Lee num aeroporto, foi processado por espancar uma garota de programa, provocou o fim do Motley Crue… e conquistou o título de astro mais cafajeste do rock mundial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário